A formação de professores no Brasil e sua mecânica de subjetivação

Guilherme Corrêa, Fernanda Monteiro Rigue, Tascieli Feltrin

Resumo


A formação de professores no Brasil e sua mecânica de subjetivação

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. R. P. de. Instrução pública no Brasil (1500-1889). São Paulo: EDUC, 2000.

CAMPOS, F. O Estado Nacional: sua estrutura, seu conteúdo ideológico. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1940.

CORRÊA, G. C. Educação, comunicação, anarquia: procedências da sociedade de controle no Brasil. São Paulo: Cortez, 2006.

CORRÊA, G. C. EJA, educação e escolarização. In: ANPED Sul, 10, 2014. Anais da X Reunião Científica da ANPED, Florianópolis, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), 2014, p. 01-12.

FERRAZ, M. H. M. As ciências em Portugal e no Brasil (1772-1822): o texto conflituoso da química. São Paulo: EDUC, 1997.

FILGUEIRAS, C. A. L. D. Pedro II e a Química. Revista Química Nova, São Paulo, v. 11, n. 2, p. 210-214, set./nov. 1988.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

GONÇALVES, N. G. Doutrina de Segurança Nacional e Desenvolvimento na Ditadura Civil-Militar: Estratégias e a Educação. In: XXVI SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 2011, São Paulo. Anais do XXVI Simpósio Nacional de História São Paulo, Universidade de São Paulo (USP), 2011, p. 1-17.

JAFFE, B. A química cria novo mundo. Rio de Janeiro: Centro de Publicações Técnicas da Aliança para o Progresso, 1963.

JUNGK, R. O Futuro já começou. São Paulo, SP: Editora Melhoramentos, 1962.

KAHN, F. O átomo: princípios fundamentais da ciência atômica explicados para o cidadão da era atômica. 7. ed. São Paulo, SP: Melhoramentos, 1964.

LAPP, R. E. A matéria. Rio de Janeiro: Livraria Jose Olympio, 1968.

LIMA, L. de O. Estórias da educação no Brasil: de Pombal a Passarinho. Rio de Janeiro: Brasília, 1969. (Coleção Pedagogia).

KRASILCHIK, M. O professor e o currículo das ciências. São Paulo: Edusp, 1987.

PFEIFFER, J. E. Uma visão nova da Educação: “Systems analysis”, ou análise de sistemas em nossas escolas e faculdades. São Paulo: Companhia Editora Nacional/Edusp, 1971.

REIMER, E. A Escola está morta: alternativas em educação. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1983.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Linha Mestra Associação de Leitura do Brasil (ALB)
e-ISSN: 1980-9026