A CONTRIBUIÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA NO DESENVOLVIMENTO DO GÊNERO DISSERTAÇÃO ESCOLAR PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

Alessandra G. Varisco, Milena Moretto

Resumo


Temos percebido, em nossas experiências de sala de aula, que é grande a dificuldade de alunos na produção de um texto dissertativo-argumentativo, que exige o trabalho com a argumentação. Por isso, pautando-nos nas orientações dos didaticistas de Genebra, desenvolvemos e aplicamos uma sequência didática a alunos do 3º ano do Ensino Médio com o objetivo de analisar o desenvolvimento das capacidades de linguagem da produção inicial à produção final. Nossos resultados apontaram que os alunos desenvolveram as capacidades de ação, discursivas e linguístico-discursivas na produção de textos desse gênero após o trabalho com os módulos apresentado no minicurso oferecido.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU-TARDELLI, Lília Santos. Elaboração de sequências didáticas: ensino e aprendizagem de gêneros em língua inglesa. In: Material didático: elaboração e avaliação. 2007, p. 73-85.

BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e Filosofia da Linguagem. 16. ed. São Paulo: HUCITEC, 2014.

BRASIL. Redação do ENEM 2017. Cartilha do Participante. Brasília: MEC, 2017.

DOLZ, J.; SCHNEUWLY, B.; NOVERRAZ, M. Sequências didáticas para o oral e a escrita: apresentação de um procedimento. In: SCHNEUWLY, B.; DOLZ, J. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas: Mercado de Letras, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Linha Mestra Associação de Leitura do Brasil (ALB)
e-ISSN: 1980-9026